14-02-2017

PROTECFLOR 3 - Veículos Operacionais de Proteção e Socorro (VOPS)

Imagem alusiva ao conteúdo

Programa/ Eixo/ Prioridade de Investimento: Programa Operacional de Sustentabilidade e Eficiência no Uso de Recursos/ Promover a adaptação às alterações climáticas e a prevenção e gestão de riscos / A promoção de investimentos para fazer face a riscos específicos, assegurar a capacidade de resistência às catástrofes e desenvolver sistemas de gestão de catástrofes
Nome do Beneficiário: Serviço Regional de Proteção Civil, IP-RAM (SRPC, IP-RAM)
Fundo Comunitário: Fundo de Coesão
Região de Intervenção do Projeto: Região Autónoma da Madeira
Custo Total do Projeto: 2.695.702,69 €
Custo Elegível do Projeto: 2.666.182,69 €
Comparticipação FC: 2.275.111,29 €
Comparticipação OR: 391.071,40 €
Início Previsto: 07-09-2016
Fim Previsto: 29-06-2020
Descrição do Projeto (Objetivos, resultados esperados...): O Dispositivo de Resposta Operacional Regional (DROR) inclui os Corpos de Bombeiros existentes na Ilha da Madeira e de Porto Santo num total de 10 e cujo área de responsabilidade corresponde  à área territorial dos municípios, embora existam 2 - Ponta do Sol e Porto Moniz - cuja intervenção primária é dos Bombeiros Voluntários da Ribeira Brava e dos Bombeiros Voluntários de S. Vicente e Porto Moniz por não estarem dotados de um corpo de bombeiros próprio.Todos os municípios integram na sua área territorial área florestal com maior ou menor dimensão.

O combate a incêndios em espaços naturais pressupõe um conjunto muito específico de viaturas operacionais de proteção e socorro (VOPS), destinados ao suporte das atividades de supressão de incêndios, com ignição e propagação em espaços naturais, onde se incluem os florestais.

Esta operação vai permitir uma melhor adequação e capacidade de resposta, em todos os municípios da RAM, às situações de incêndios florestais mas, ao mesmo tempo, permite que a prevenção operacional possa ser melhor executada, principalmente nas áreas municipais de maior dimensão e de orografia diferenciada, acompanhada de melhor capacidade de reconhecimento, 1ª intervenção, ataque inicial, ataque ampliado, rescaldo pós-incêndio e apoio logístico à operação.

Em termos do Plano Operacional de Combate a Incêndios Florestais (POCIF) e no que diz respeito à estratégia materializada, também este conjunto de VOPS vem dar uma outra garantia de cobertura do território porque se consegue dar resposta a uma maior diversidade de situações e cobrir, ao mesmo tempo, espaços florestais com maior área.

 

Atualizado a 21 de julho de 2022

   


    Logotipo do Governo Regional da Madeira
    Logotipo do Governo Regional da Madeira
    Certificate ID: PT 05 1371.0
    Logotipo da União Europeia